template

bizonho

bizonho

Seguidores

segunda-feira, 29 de março de 2010

PAIS TAMBÉM PRECISAM BRINCAR

OS PAIS TAMBÉM BRINCAM

Brincadeira não é coisa apenas de criança: os pais também precisam brincar. Essa interação é muito importante porque ajuda a desenvolver diversos aspectos infantis e tornam ainda mais fortes os vínculos entre pais e filhos. Ao se divertir ao lado das crianças, os adultos têm a oportunidade de conhecê-las melhor e descobrir como reagem em determinadas situações: se são impacientes quando perdem, como se comportam ao ter de seguir regras, se são mais ou menos ativas, se há alguma dificuldade em compartilhar os brinquedos, etc. Isso torna possível que, ao perceber algum comportamento que precise ser corrigido, o pai ou a mãe possam conversar com o filho e dizer o que tem de mudar (e por quais motivos). Tudo com calma, sem autoritarismo ou brigas. É interessante, porém, que as opções vão além dos jogos eletrônicos. Vale a pena convidar os pequenos para um jogo de tabuleiro, atividades de pintura a dedo, massinha de modelar, quebra-cabeças, a tradicional brincadeira de casinha. Ou então simplesmente rolar pelo chão, fazer cócegas, dar piruetas, correr, pular. Brincar ao ar livre também é muito bom, já que incentiva a prática de atividades físicas, um hábito saudável que deve ser adotado em todas as fases da vida. Participando destes momentos de diversão (que devem ser diários), os pais reforçam que são grandes parceiros de seu filho e abrem um novo canal de diálogo e cumplicidade. Ele passa se sentir mais valorizado e protegido. Lembre-se que, ao brincar, a criança desenvolve diferentes formas de raciocínio, aprimora habilidades físicas (como a coordenação motora), tem sua curiosidade despertada, a criatividade estimulada, começa a se sociabilizar, entre outros benefícios. Por isso, viva a brincadeira!

Nenhum comentário:

Postar um comentário